Dr. Paulo Becher e a filosofia de Nietzsche

Dr. Paulo Becher e a filosofia de Nietzsche

Ensino Superior

16.09.2021 - 18:34:22 | 6 minutos de leitura

Autor - Imprensa São Luiz
Dr. Paulo Becher e a filosofia de Nietzsche



“Da subversão à orientação: é possível uma filosofia da orientação em Nietzsche?\" foi tema da “Terceira Quarta com Filosofia”, realizada pelo Colégio e Faculdade São Luiz na noite de quarta-feira, 15 de setembro, e que compartilhou reflexões e discussões com a comunidade geral e acadêmica. 
A temática principal do evento do mês de setembro discutiu a proposta filosófica de Friedrich Nietzsche, considerado o ‘filósofo da suspeita’.
Assim como nas edições anteriores, o evento foi realizado no formato on-line, com a presença virtual de acadêmicos e demais pessoas da comunidade, que participaram e interagiram na live transmitida pelo Youtube da instituição.
O convidado da noite foi o professor Paulo Becher Júnior, Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que também é professor da Faculdade São Luiz e da rede pública estadual. \"O contexto que vivemos hoje é um contexto de desorientação, em alguma medida. É um mundo bastante plural, onde se fala muito da pós-verdade, onde cada um tem a sua verdade. Propomos, junto com Nietzsche, um caminho de orientação, sempre visto numa perspectiva de futuro, em dar conta de um problema, reunir condições e competências para você resolvê-lo. Então, Nietzsche foi proposto como uma forma de resolução de problemas: como o da vida humana, de conduzi-la realmente a partir dessa experiência vivencial do ser humano, a partir da vida enquanto um lugar de experiência única e singular\", comenta o professor.

Antagonismo
Assim, ao longo do encontro, o palestrante falou sobre a figura de Nietzsche como um autor ‘propositor de valores’ e não como um autor que ‘desconstrói valores’, como o mesmo muitas vezes é considerado. Para isso, Dr. Paulo Becher apresentou sua reflexão em três eixos: a introdução à compreensão do Nietzsche; as possibilidades de se falar da orientação a partir da filosofia do autor; e o desenvolvimento do tema, quando o professor propôs uma orientação a partir da filosofia do autor alemão, que é conhecido como amplamente controverso, e com uma filosofia pujante de reflexão. “A proposta filosófica dele é estudada de diversas formas e maneiras, e certamente, se conhece muito mais algumas ideias de Nietzsche espaçadas do que propriamente a sua pessoa”, ressaltou o professor.
Além disso, o Dr. Becher trouxe exemplos de como ao longo dos anos foi criada uma espécie de ‘lenda’ ao entorno da figura do filósofo alemão, que é sempre considerado como o ‘filósofo do martelo’. “Sua pessoa e obra são tantas vezes caricatas de revolução, oposição e tantas vezes de desmanche. Mesmo ele tendo vivido por muitos anos em uma vida modesta e simples, ele é apresentado como um autor destrutivo, um personagem antagônico, em alguns casos caricato de ser alguém focado no individualismo, em uma ideia onde se desenvolve uma filosofia de supremacia e assim por diante”, refletiu. 

De acadêmico a palestrante
Atualmente, Dr. Becher atua como professor na Faculdade São Luiz onde trabalha com as disciplinas de Metodologia (Científica, Metodologia Filosófica e Trabalho de Conclusão de Curso). 
Com linha de pesquisa em Filosofia da Educação, sua recente tese foi “Filosofia da Orientação e Pedagogia da Descontinuidade a partir de uma proposta nietzschiana”. Dr. Becher também é mestre pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialista em Gestão, Orientação e Supervisão Escolar, em Neuropsicologia e em \"Couseling\" (Aconselhamento). Com graduação em Filosofia, o especialista participa do Grupo de Pesquisa “Bio Grafia Nietzsche”, e também é Diretor Geral do Colégio Cenecista José Elias Moreira, em Joinville. 

A reinterpretação da filosofia de Nietzsche
Para padre Aléssio da Rosa, coordenador do curso de Filosofia da Faculdade São Luiz, refletir sobre os pensamentos e teorias do filósofo alemão sob a ótica de todos os estudos do Dr. Becher foi uma oportunidade única. Além disso, padre Aléssio destacou a satisfação da instituição em receber um egresso que, além de lecionar, estudou e concluiu sua graduação na Faculdade São Luiz, e hoje retorna como professor e doutor, tendo concluído a especialização na figura emblemática do filósofo Nietzsche.
\"Para além do campo educacional e filosófico, Friedrich Nietzsche também é estudado pela psicologia, sociologia, economia e por tantos outros caminhos. Ele morreu em 1900, mas seu pensamento foi reinterpretado muitas vezes. Existem vários pensadores no Brasil e fora do país que traduziram e vivem essa reinterpretação. Ele é muito importante para os nossos estudantes, para esse debate e para a abertura de outras interpretações daquelas já possíveis”, observa o coordenador.
O diretor do Colégio e Faculdade São Luiz, padre Silvano João da Costa, destaca a importância do evento e de um curso de filosofia que ajuda a refletir e propor o senso crítico na sociedade atual. “A instituição São Luiz não quer ir além das salas de aula, quer ser uma ponte de diálogo com a comunidade externa, e levar um pouco dos frutos da nossa reflexão. E este é o intuito da Terceira Quarta com Filosofia, que quer proporcionar este momento, não só para o corpo discente, mas para toda comunidade refletir conosco\", comenta o diretor. 

Programação do XIX Simpósio de Filosofia 2021
Em outubro, a programação do Ensino Superior do Colégio e Faculdade São Luiz será voltada ao XIX Simpósio de Filosofia da instituição, sob o tema geral: “Por uma Ética Planetária em Hans Jonas”. O evento será totalmente online, nos dias 6 e 7 de outubro. Confira a programação:

- 06/10/2021 – quarta-feira: 
19h30 - Abertura do XIX Simpósio de Filosofia (Prof. Me. Pe. Silvano João da Costa - Diretor (FSL e CSL)
Memória – Simpósios em Hans Jonas 2019-2021 na FSL, com o Prof. Dr. Aléssio da Rosa (FSL)
20h - Conferência com Dom Ricardo Hoepers – Bispo de Rio Grande – RS
Tema: A Ética de Hans Jonas e a Ecologia Integral da ‘Laudato SI’, do Papa Francisco

- 07/10/2021 – quinta-feira: 
19h30 – Abertura dos trabalhos
19h35 – Conferência 1 - Genoma Humano e o paradigma “homem objeto da técnica”, com o Prof. Dr. Luca Valera (PUC, Chile)
20h15 – Conferência 2 - Princípio Responsabilidade de Jonas e os desafios para uma Ética Planetária, com Jelson de Oliveira – (PUCPR)
21h – Debate aberto
21h40 – Apresentação do autor (a) para os próximos Simpósios (Prof. Me. Eduardo Dalabeneta);
21h50 - Encerramento do XIX Simpósio

 
Outros de Imprensa
Mais em Ensino Superior
 
 
 
Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.
ACEITAR E FECHAR
Tour virtual

Faça-nos uma visita virtual

Faça-nos uma visita virtual
CLIQUE AQUI
FECHAR
Preencha os seus dados abaixo

Um especialista entrará em contato para mais informações em breve.

Copyright © São Luiz Colégio e Faculdade. Todos os direitos reservados.
Conheça a nossa política de privacidade.