Notícias

Estudante do curso de Filosofia, Greice Sansão Araldi, da Faculdade São Luiz, é uma das autoras da 3ª edição do livro “Deficiência, Inclusão e Acessibilidade”

11/11/2020 às 10:24

A obra, lançada em junho/2020, contou com a organização da Profª Tamily Roedel, mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental pela Universidade do Vale do Itajaí. O livro é lançado pela editora Unifebe, vinculada ao Centro Universitário de Brusque.

A coletânea tem artigos de mais de 15 autores, organizados em onze seções que contemplam várias dimensões sobre a inclusão, a acessibilidade, as deficiências e as pessoas com deficiências na cidade de Brusque – Santa Catarina, nas instituições de ensino, nas diversas localidades trabalhistas, nos lares de toda a comunidade brusquense e suas relações pessoais.

Segundo os organizadores do capítulo onze: Greice Araldi (estudante do curso de bacharelado em Filosofia da Faculdade São Luiz), Professor Alejandro Knaesel Arrabal (Furb) doutor em Direito Público e Professor Amilton Fernando Cardoso (Unifebe e Faculdade São Luiz) doutor em Engenharia e Aeronáutica; o texto lança o debate a respeito da inovação tecnológica como vetor de promoção da acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Explora a relação entre Humanidade e Inovação Tecnológica, os referenciais filosóficos a respeito da condição humana, e apresenta um escorço histórico da primeira até a quarta revolução industrial, destacando alguns impactos tecnológicos que caracterizam esses momentos.

“Agradeço ao Prof. Amilton Fernando Cardoso pela oportunidade, de ter-me conferido tal responsabilidade, pois escrever a partir de um tema amplo, exige pesquisa, orientação e discussão. Para graduandos, de quaisquer áreas, a pesquisa acadêmica é fundamental, possibilita ao estudante enriquecimento e qualificação teórica para a sua formação, de modo a potencializar o desenvolvimento do próprio currículo, seja lattes ou profissional, mas especialmente, construir conhecimento por intermédio da produção acadêmica.

            Penso que escrever é, antes de mais nada, aprender a ler o mundo, compreender o seu contexto numa relação dinâmica vinculada à linguagem e realidade. Ler e escrever são atos indispensáveis para estudantes em formação. Implica percepção, interpretação e curiosidade crítica, de modo a diferenciar-se quanto a sua compreensão da realidade. É de suma importância, que educadores e educadoras auxiliem neste processo, para possibilitar a autenticidade e o desenvolvimento do educando.

            Aos acadêmicos e acadêmicas da Faculdade São Luiz, reitero a importância de irmos além dos muros da nossa instituição, é importante alcançarmos a comunidade e a sociedade com nossas produções científicas e teóricas. Compreender que a educação transforma as pessoas, e que a teoria e prática são fundamentais, assumimos nossos lugares como estudantes e pensadores ativos com o aprendizado crítico, e sobretudo, com nosso próprio desenvolvimento individual.” – Greice Sansão Araldi

Colégio São Luiz

Rua Padre Gattone, 112
Centro - Brusque / SC

47

3351.1200

Faculdade São Luiz

Av. das Comunidades, 233
Centro - Brusque / SC

47

3396.7919

Ezcuzê Propaganda